MARCELO AGUIAR APRESENTA PL PARA REVOGAR O ESTATUTO DO DESARMAMENTO

Na manhã desta terça-feira (11), o deputado federal Marcelo Aguiar (DEM-SP) esteve na presidência da Câmara para uma reunião com o presidente Rodrigo Maia sobre o projeto de Lei que revoga o Estatuto do Desarmamento. O objetivo do encontro, segundo Marcelo Aguiar é apresentar pontos importantes sobre a segurança dos cidadãos de bem, e a importância desse projeto ser aprovado em caráter de urgência. O PL7075/2017 é de autoria do deputado Marcelo Aguiar.

“Desde que foi adotado, o Estatuto do Desarmamento enfrenta grande e justificada resistência da maioria da sociedade, uma vez que, face a uma normativa exageradamente severa, inviabiliza o pleno exercício da cidadania, retirando o direito à legitima defesa própria e de terceiros”, argumentou o deputado. “Quando o bandido sabe que as vítimas estão desarmadas, ele se torna mais atrevido e não pensa duas vezes antes de agir”, completou.

Ele recordou o caso do jovem Victor Hugo Deppman, morto aos 19 anos, na zona leste de São Paulo. O rapaz, morto em 2013, não ofereceu resistência ao assaltante, mas ainda assim foi baleado na cabeça. O autor do projeto mencionou ainda a chacina realizada em Campinas, no último Réveillon, em que um técnico em laboratório invadiu uma festa na casa da ex-mulher e matou doze pessoas da mesma família. “Quando o bandido sabe que as vítimas estão desarmadas, ele se torna mais atrevido e não pensa duas vezes antes de agir”, disse o deputado.

O projeto, protocolado nesta quinta-feira (9), não apenas revoga a lei atual sobre armas de fogo, como estabelece novas normas sobre venda, aquisição, posse, porte e circulação dessas armas e de suas munições em território nacional. “Os requisitos propostos no texto para venda e manuseio das armas são criteriosos e rigorosos, mas são também objetivos, trazendo maior segurança e previsibilidade para o cidadão de bem que deseja se defender”, afirmou Aguiar.

Ricardo Costa – Assessoria de Imprensa
Com Informações de Democratas